Guia passo a passo para processos de teste de acordo com o novo capítulo 41 da USP

Para determinar a faixa de operação de uma balança, a Sartorius recomenda um peso de teste de aproximadamente metade da capacidade máxima da balança. Exemplos: Para uma balança analítica de 220 g, use um peso de 100 g. Para uma balança de 500 g, use um peso de 200 g. É extremamente recomendado NÃO usar vários pesos para realizar o teste de repetibilidade.

A incerteza da medição do peso deve ser inferior a ±0,03 g. Portanto, basta usar um peso classe F2 para os testes.

A balança deve ser iniciada, nivelada e ajustada antes de começar.

Defina o visor da balança como zero pressionando a tecla "Tare".

Posicione o peso de teste no centro do prato de pesagem (se necessário, abra a porta do protetor de vidro e feche depois de posicionar o peso de teste).

Quando o visor estiver estabilizado, verifique e anote o peso exibido.

Repita as etapas 1 a 3 nove vezes (teste de repetibilidade).

Calcule o desvio padrão das dez medições. Multiplique por 2 e, depois, por 1.000. O peso resultante é o ponto de partida da faixa de operação da balança.

Use a primeira medição do teste de repetibilidade para o teste de precisão. A diferença entre o peso exibido e o real do peso de teste não deve ser maior do que ± 0,10%. Por exemplo, se o peso de teste for 100 g, o peso exibido deverá estar entre 99,9000 e 100,1000 g. Nesse caso, a balança satisfaz o requisito de precisão de USP.