Quando você depende de eficiência e precisão

O isolamento das células T do sangue periférico para iniciar a produção da terapia CAR-T, bem como a manutenção das culturas de células essenciais para o desempenho dos ensaios in vitro, requer um alto nível de confiança nos resultados dos ensaios que você realiza diariamente. Esses ensaios, por sua vez, dependem da segurança, pureza e precisão das técnicas de preparação de amostras.

Na Sartorius, nós nos esforçamos para apoiar a preparação de amostras para descoberta e desenvolvimento do CAR-T, oferecendo tecnologias e soluções exclusivas e inteligentes para o uso diário. Nós possibilitamos a preparação de amostras eficiente e robusta com reagentes sem lavagem, fornecemos tecnologia inovadora e oferecemos um portfólio de ensaios abrangente para permitir a realização de ensaios de ligação de ligantes, avaliação da especificidade do alvo, vigilância imunológica e persistência CAR-T.

Porém, em um nível mais básico, a preparação da amostra começa com as ferramentas básicas freqüentemente esquecidas encontradas em todos os laboratórios. Uma delas é a humilde pipeta. Usado diariamente, este instrumento de precisão deve sempre ser confiável para estar devidamente calibrado e totalmente funcional. A premiada pipeta eletrônica Picus® e a confiável pipeta manual Tacta® minimizam o risco de lesões por esforços repetitivos e dão aos usuários a confiança de que todos os volumes entregues atendem às expectativas.

Preparação de amostra de vetor viral

A preparação adequada da amostra depende da precisão, reprodutibilidade e boa técnica. Ao desenvolver um vetor viral que é crítico para a entrega do material genético necessário para transformar as células T, todos os aspectos desse desenvolvimento devem ser totalmente compreendidos. Esse entendimento é obtido por meio de ensaios que começam com a preparação adequada da amostra, não menos importante na fase de descoberta do que nos projetos posteriores.

Explore as soluções que a Sartorius oferece para a preparação de amostras de vetores virais.

Plataforma Virus Counter®

A quantificação do vetor viral CAR-T nunca foi tão fácil ou rápida. Meça as partículas de vírus totais de forma rápida e reproduzível para permitir os ensaios in vitro. Os ensaios ViroTag® no-wash para lentivírus, AAV e outros vírus minimizam a variabilidade e permitem confiança em relação aos métodos tradicionais.

Saiba mais

Nota de aplicação:

Brochure:

Pipetagem com Picus® e Tacta®

A confiabilidade de um ensaio depende fortemente da fase de preparação. A pipeta eletrônica programável Picus reduz a variabilidade entre os usuários. Selecionar uma pipeta multicanal irá acelerar seu trabalho e melhorar o bem-estar celular, reduzindo o tempo fora da incubadora. As pipetas Picus eletrônicas e manuais Tacta garantem a melhor ergonomia de pipetagem.

Saiba mais

Nota de aplicação:

Intellicyt® iQue3

Obtenha uma análise rápida e confiável de suas leituras de ensaio in vitro com o Intellicyt® iQue3. A combinação de velocidade e miniaturização, com poderosa análise e visualização de dados multiparamétricos, oferece resultados acionáveis a partir de alguns microlitros de amostra, em tempo recorde.
Rastreie a morte de células do sistema imunológico, perfis de citocinas e muito mais. Realize testes de citotoxicidade com facilidade, rapidez e reprodutibilidade.

Saiba mais

Notas de aplicação:

Sistema de análise de células vivas Incucyte®

Capture e analise automaticamente imagens de culturas de células vivas em 2D e 3D. Obtenha visualização em tempo real de ensaios de morte de células imunológicas, saúde celular e viabilidade. Avalie a fagocitose mediada por anticorpos, apoptose mediada por células imunes e proliferação e agrupamento de células T sem perturbar as células.

Saiba mais

Livros brancos:

Preparação de amostra de cultura celular

A preparação de amostras de culturas de células é um processo delicado. A integridade da amostra deve ser mantida para que haja confiança em seus resultados: a amostra deve permanecer livre de contaminantes externos e deve representar com precisão a população da qual foi retirada. Isso é tão importante se você estiver preparando amostras de culturas derivadas de pacientes que se tornarão células CAR-T ou de culturas usadas para ensaios in vitro para avaliar a morte de células imunológicas, fagocitose, apoptose e todos os outros efeitos da terapia que você deseja ativar.

Sistema de análise de células vivas Incucyte®

Capture e analise automaticamente imagens de culturas de células vivas em 2D e 3D. Obtenha visualização em tempo real de ensaios de morte de células imunológicas, saúde celular e viabilidade. Avalie a fagocitose mediada por anticorpos, apoptose mediada por células imunes e proliferação e agrupamento de células T sem perturbar as células.

Saiba mais

Livros brancos:

Intellicyt® iQue3

Obtenha uma análise rápida e confiável de suas leituras de ensaio in vitro com o Intellicyt® iQue3. A combinação de velocidade e miniaturização, com poderosa análise e visualização de dados multiparamétricos, oferece resultados acionáveis a partir de alguns microlitros de amostra, em tempo recorde.
Rastreie a morte de células do sistema imunológico, perfis de citocinas e muito mais. Realize testes de citotoxicidade com facilidade, rapidez e reprodutibilidade.

Saiba mais

Notas de aplicação:

Pipetagem com Picus® e Tacta®

A confiabilidade de um ensaio depende fortemente da fase de preparação. A pipeta eletrônica programável Picus reduz a variabilidade entre os usuários. Selecionar uma pipeta multicanal irá acelerar seu trabalho e melhorar o bem-estar celular, reduzindo o tempo fora da incubadora. As pipetas Picus eletrônicas e manuais Tacta garantem a melhor ergonomia de pipetagem.

Saiba mais

Nota de aplicação:

Request More Information

What other areas are you interested in? (select all that apply)

Request More Information